Pensando em Deus

Reconhecendo, se protegendo e desmascarando as seitas.

Paixão por Santidade VS Orações Passivas

Posted by thimax77 em 22/04/2011

John Piper

Eu, porém, vos digo que todo aquele que olhar para uma mulher para a cobiçar, já em seu coração cometeu adultério com ela. S e o teu olho direito te faz tropeçar, arranca-o e lança-o de ti; pois te é melhor que se perca um dos teus membros do que seja todo o teu corpo lançado no inferno. (Mateus 5:28-29)

Quando você se encontra sexualmente excitado, você luta contra sua própria mente e diz não às imagens e então trabalha com ardor para substituí-las com contra-imagens que dizimam as imagens sedutoras? “Porque se viverdes segundo a carne, haveis de morrer; mas, se pelo Espírito mortificardes as obras do corpo, vivereis” (Romanos 8:13). Muitas pessoas pensam que elas lutaram contra a tentação quando oram por livramento, e esperam que seu desejo simplesmente desapareça. Isto é muito passivo. Sim, Deus trabalha em nós para fazer com que desejemos e cumpramos a sua boa vontade! Mas o efeito é “efetuai a vossa salvação com temor e tremor” (Filipenses 2:12-13). Arrancar fora seu olho talvez seja uma metáfora, mas significa algo realmente violento. O cérebro é um “músculo” que deve ser exercitado pela pureza, e no cristão ele está sobrecarregado com o Espírito de Cristo.

O que isto significa é que não devemos dar ao impulso sexual mais do que cinco segundos antes de levantarmos um forte contra-ataque com a mente. Isso mesmo! Cinco segundos. Nos dois primeiros nós gritamos: “NÃO! Saia da minha cabeça!” Nos próximos dois segundos imploramos: “Ó Deus, no nome de Jesus, ajude-me. Me salva nesta hora, Eu sou teu”.

Bom começo. Mas então a verdadeira batalha começa. Trata-se de uma batalha mental. A necessidade absoluta é lançar fora de sua mente a imagem ou impulso. Como? Acrescentando à sua mente uma contra-imagem. Lute. Soque. Chute. Não desista fácil. Tem de ser uma imagem tão poderosa que qualquer outra imagem não permanecerá. Existem imagens e pensamentos destruidores de luxúria.

Por exemplo, você já alguma vez demandou de sua mente, nos primeiros cinco segundos de tentação, que ela olhasse firmemente para Jesus Cristo quando crucificado? Imagine isto. Inesperadamente lhe vem à mente uma garota o convidando a ir adiante com mais uma fantasia. Você tem cinco segundos. “Não! Saia da minha mente! Deus me ajude!”. Agora, imediatamente, demande que sua mente – você pode fazer isso pelo Espírito (Romanos 8:13). Demande que sua mente fixe sua contemplação sobre Cristo na cruz. Use todo seu poder de imaginação para ver suas costas dilaceradas. Trinta e nove chicotadas deixaram pouca carne intacta. Ele se arrasta contra a haste vertical da cruz a cada nova respiração. Cada novo fôlego prende lascas da madeira em sua carne dilacerada. O Senhor suspira. De tempos em tempos ele geme com toda aquela dor insuportável. Ele tenta se afastar da madeira e os sólidos pregos introduzidos em seu pulso rasgam os ligamentos nervosos; e, gemendo novamente com agonia, ele se empurra para cima com seus pés para levar um pouco de alívio aos pulsos. Mas os ossos e nervos de seus pés esmagam uns aos outros e com angústia ele geme ainda outra vez. Não há descanso. Sua garganta está seca pelos brados e pela sede. Ele perde o fôlego e pensa estar sufocando, e então, repentinamente e de forma involuntária, seu corpo suspira em busca de ar e todos os ferimentos se unem em dor. No tormento ele esquece da coroa com espinhos de cerca de duas polegadas e em desespero move sua cabeça para trás, apenas para bater um dos espinhos perpendicular a haste da cruz que o empurra pela metade em seu crânio. Sua voz alcança um arremesso soprano de dor e soluços se quebram ante seu corpo mergulhado no sofrimento, a medida que cada clamor traz mais e mais dor.

Agora, não estou mais pensando na garota. Estou no Calvário. Estas duas imagens não são compatíveis. Se você usar a força de seu cérebro para criar – violentamente criar com o músculo da sua mente – imagens de Cristo crucificado com a mesma criatividade que você usa para criar fantasias sexuais, definitivamente você as vencerá. Mas isso deve ocorrer nos primeiros cinco segundos – e não desista.

Então a minha pergunta é: você luta, ao invés de apenas orar, esperar e tentar evitar? É imagem contra imagem. Trata-se de uma batalha mental cruel e brutal, não apenas oração e espera. Junte-se a mim nesta batalha sangrenta para manter minha mente e corpo puros para o meu Senhor, minha esposa e minha igreja. Jesus sofreu além do que podemos imaginar para “purificar por meio de si um povo para sua possessão” (Tito 2:14). Cada um de seus brados e espasmos foi para matar minha luxúria – “Levando ele mesmo os nossos pecados em seu corpo sobre o madeiro, para que mortos para os pecados, pudéssemos viver para a justiça” (1 Pedro 2:24).

Buscando a pureza de coração a todo custo,

http://www.monergismo.com/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: