Pensando em Deus

Reconhecendo, se protegendo e desmascarando as seitas.

Posts Tagged ‘IASD’

Superioridade Adventista em 10 pontos

Posted by Sara Kelly em 16/10/2009

Prezados irmãos internautas!

Ao abrir os e-mails como de costume, com o fito de auxiliar à comunidade evangélica no tocante à questões teológicas e apologéticas, deparei com um estudo que está sendo enviado pela internet tendo como alvo principal, segundo palavras do próprio autor do texto, os ex-adventistas. É claro que por tabela tal artigo vai atingir em cheio a massa evangélica em geral.

SuperioridadeO tratado foi intitulado de , “10 PONTOS DE SUPERIORIDADE DA MENSAGEM ADVENTISTA SOBRE OS ENSINOS DE OUTRAS CORPORAÇÕES RELIGIOSAS“, de autoria do polêmico Azenilto G. Brito. Convêm lembrar que tal personagem é o mesmo que à tempos atrás engajou-se numa luta desesperada com a pretensa esperança de impor sua teologia sabatista ao povo evangélico. Como muitos irmãos estavam pedindo esclarecimento do caso, o CACP, na pessoa de seu vice-presidente, Paulo Cristiano da Silva, elaborou um pequeno manifesto de repúdio às heresias on-line propaladas por este senhor, o que gerou sua revolta contra nossa instituição.

É preciso ressaltar que este tal senhor, lamentavelmente, trabalha com uma ética no mínimo suspeita, comprometedora até, posto que ao mesmo tempo que se coloca ao lado da comunidade evangélica, como veremos no fim deste nosso trabalho com citações dele mesmo, tenta direcionar a mente dos internautas em direção às doutrinas adventistas. O título do estudo citado acima é a maneira mais sutil dele demonstrar isso.

Permita-nos reforçar, que o CACP já havia alertado sobre as atividades camalísticas deste senhor. Seu trabalho junto à comunidade evangélica é deveras suspeito. Lançando mão de sutilezas teológicas pinceladas com eufemismos ele vai passando sua mensagem subliminar distintivamente adventista. Seu último trabalho, supra citado, como era de se esperar, só vem confirmar o nosso ponto de vista neste aspecto.

Daremos a seguir a citação ipsis literis do tal professor e em baixo nossos comentários em cor azul refutando às suas 10 razões.

Para facilitar a leitura e não perder a linha de raciocínio subdividimos os tópicos.

Leia o resto deste post »

Posted in Estudos Bíblicos, Polêmicos, Sábado | Etiquetado: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 21 Comments »

Como identificar uma seita

Posted by Sara Kelly em 18/09/2009

Máscara do enganoTodas as pessoas têm o direito de professar a religião de sua escolha. A tolerância religiosa é extensiva a todos. Isso não significa, porém, que todas as religiões sejam boas.

Nos dias de Jesus havia vários grupos religiosos: os saduceus (At. 5.17) e os fariseus (At 15.5). Os dois grupos tinham posições religiosas distintas (At 23.8).

Mesmo assim, Jesus não os poupou, chamando-os de hipócritas, filhos do inferno, serpentes, raça de víboras (Mt 23.13-15,33). O Mestre deixou claro que não aceitava a idéia de que todos os caminhos levam a Deus. Ele ensinou que há apenas dois caminhos: o estreito, que conduz à vida eterna, e o largo e espaçoso, que leva à destruição (Mt 7.13,14).

Os apóstolos tiveram a mesma preocupação: não permitir que heresias, falsos ensinos, adentrassem na igreja.

O primeiro ataque doutrinário lançado contra a Igreja foi o legalismo. Alguns judeus-cristãos estavam instigando novos convertidos à prática das leis judaicas, principalmente a circuncisão. Em Antioquia havia uma igreja constituída de pessoas bem preparadas no estudo das Escrituras (At 13.1), que perceberam a gravidade do ensino de alguns que haviam descido da Judéia e ensinavam: Se não vos circuncidardes segundo o costume de Moisés, não podereis ser salvos (At 15.1). Tais ensinamentos eram uma ameaça à Igreja. Foi necessário que um concílio apreciasse essa questão e se posicionasse.

Em Atos 15.1-35 temos a narrativa que demonstra a importância de considerarmos os ensinos que contrariam a fé cristã. Outras fontes ameaçam a Igreja. Dentre elas, destacamos:

Leia o resto deste post »

Posted in Diversos, Polêmicos | Etiquetado: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 5 Comments »

A Igreja Adventista do Sétimo Dia é ou não é uma SEITA?

Posted by Sara Kelly em 14/09/2009

Há algumas décadas atrás esta pergunta seria sem sentido no meio evangélico, e a resposta seria um uníssono, SIM.

DúvidaEntretanto, de alguns anos para cá a coisa tem mudado e tornado polêmica a questão da identidade cristã da Igreja Adventista do Sétimo Dia (IASD). Nisto as opiniões se dividem, para alguns líderes evangélicos, esta igreja não passa de uma denominação comum com pontos doutrinários excêntricos, infelicitada por alguns erros do passado, mas sem se enquadrar na classe sectária, para outros porém, as diferenças existem, mas são poucas e não são fortes o bastante a ponto de nos separar. Para esses, essa religião é autenticamente cristã; ainda outros (a maioria) se colocam na defensiva, acreditando que o movimento adventista não passa de uma igreja pseudocristã com doutrinas heterodoxas e, portanto precisa ser evitada pelos evangélicos.

Percebe-se que hoje em dia as opiniões são mais notadamente variadas do que, digamos, 30 anos atrás. Esta questão tem gerado acirrados debates no meio evangélico. O pivô de tudo isso é a maciça campanha que vem sendo empreendida pelos adventistas já há alguns anos com o intuito de limpar sua imagem negativa herdada do passado e se aproximar dos evangélicos. O ecumenismo pregado por eles tem dado certo, pois muitos têm se aproximado dos adventistas, não mais com olhos preconceituosos mas como irmãos que apesar de terem suas diferenças doutrinárias e litúrgicas podem, não obstante, ter normalmente comunhão uns com os outros.

Leia o resto deste post »

Posted in Estudos Bíblicos, Polêmicos | Etiquetado: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 170 Comments »

A IMORTALIDADE da ALMA

Posted by Sara Kelly em 07/09/2009

A doutrina aniquilacionista defende cessação total da vida no ato da morte. A alma, princípio vital sucumbe com o corpo na sepultura. Ao descer ao pó, o homem, desaparece por completo. Todavia, segundo essa teoria, os justos ressuscitarão no tempo oportuno e voltarão à condição original de alma vivente.

O castigo dos ímpios seria o de não viverem para sempre com Jesus. A morte para estes seria realmente a separação eterna de Deus. Neste caso, não haveria os diferentes graus de castigo, segundo as obras de cada um.

“O aniquilacionismo defende que, após a morte, a alma do ímpio não será punida eternamente num inferno literal, mas, ao invés disso, simplesmente deixará de existir. O aniquilacionismo constitui um meio termo entre o universalismo indiscriminado e a doutrina cristã tradicional da condenação eterna. É defendido pelas testemunhas de Jeová, pelos adventistas do sétimo dia, pela Igreja Mundial de Deus, e muitos outros grupos religiosos em atividade atualmente” (Dicionário de Religiões, Crenças e Ocultismo, George A. Mather).

O Antigo Testamento é pouco elucidativo quanto à vida após a morte. É no Novo Testamento que vamos encontrar indicações mais claras a respeito do assunto. Comecemos pela formação do homem no Éden, onde pela primeira vez, a palavra alma é registrada:

“Formou o Senhor Deus o homem do pó da terra, e soprou-lhe nas narinas o fôlego da vida, e o homem tornou-se alma vivente. Então da costela que o Senhor Deus tomou do homem, formou a mulher, e a trouxe ao homem” (Gn 2.7,22).

Deus criou os animais sem soprar em suas narinas e os chamou de “répteis de alma vivente [criaturas que vivem e se movem]” (Gn 1.20,21), diferentes do homem que recebeu o fôlego diretamente de Deus. Os seres humanos possuem, portanto, algo que veio diretamente da substância de Deus. A esse fôlego damos o nome de alma. Vejamos agora o significado das palavras “alma” e “espírito” no hebraico e no grego, línguas originais do Antigo e do Novo Testamento, respectivamente…

Leia o resto deste post »

Posted in Estudos Bíblicos | Etiquetado: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 13 Comments »