Pensando em Deus

Reconhecendo, se protegendo e desmascarando as seitas.

Posts Tagged ‘Moisés’

Réplica ao Dublinir 02

Posted by Sara Kelly em 28/09/2009

O AMIGO DUBLINIR DISSE O SEGUINTE
DEUS OS CHAMA DE “OS MEUS SÁBADOS”
“Guardareis os Meus Sábados…” Lev. 19:30. (Mais: Lev. 19:3; Êxo. 31: 13; Lev. 26:2; Isa. 56:4; Eze. 20:12, 13, 16; 20:21, 24; 22:8,26; 23:38; 44:24, etc…).
SÃO TAMBÉM CLASSIFICADOS DE SÁBADOS DO SENHOR
“…Amanhã é repouso, o santo Sábado do Senhor…” Êxo. 16:23. (Mais: Êxo 16:25; 20:10,11; 31:15; Lev. 23:38; Deut. 5:14; Nee. 9:14, etc…).
Prezado irmão, por estas passagens bíblicas, não há dúvidas de que o Sábado do sétimo dia da semana é o quarto mandamento da santa, justa e boa Lei de Deus (Rom. 7:12). E este Sábado foi abonado da seguinte maneira, por Seu Criador, o Senhor Jesus: “E orai para que a vossa fuga não aconteça no inverno NEM NO SÁBADO” (Mat. 24:20). E arremata categoricamente: “…assim o Filho do Homem, até do SÁBADO É SENHOR.” (Mar. 2: 28).
Eis portanto diante de você o santo Sábado do Senhor. O selo da criação, que revela e aponta Deus como o verdadeiro e único Criador de todas as coisas. Por conseguinte, este mandamento é parte integrante da Lei Moral, e classificado por Deus como: “DIA SANTIFICADO”, “MEU SÁBADO” e “SÁBADO DO SENHOR.”
RESPOSTA 02
Os Savatistas afirmam que a expressão “Meus Sábados” e “Seus Sábados” indicam a distinção entre os Sábados semanais e Sábados cerimoniais, o que NÃO É BÍBLICO.
Das 400 vezes em que q Palavra “LEI” ocorre na Bíblia, em nenhuma se faz distinção entre “Cerimonial” ou  “Moral”.
Nem Jesus, nem os apóstolos, nem os profetas, nem os Salmistas e nem o próprio Moisés se referem a tal distinção.
Para eles, Lei sempre foi o PENTATEUCO.
Confirmem com essas passagens Bíblicas: (1Cor.14:34 ; Gn.3:16; Rm.7:7; Ex.20:17 ; Mt.22:36,38; Dt.6:5 ; Mt.22:39; Lv.19:18; Mt.12:5; Nm.28:9).
Estão os Sabatistas guardando festas, luas noivas, sacrifícios etc??
Portanto, ambas as expressões “Meus Sábados” e “Seus Sábados”, são usadas para indicar os mesmos Sábados:
Sábados semanais, são de Deus (meus Sábados) porque foram dados por Ele, e são dos Judeus (Seus Sábados) porque foram dados a eles.
Vejamos os “MEUS” e “SEUS” exegeticamente  aplicados na Bíblia.
a) O Templo (Is.56:7 complemento .Mt.23:38, “minha casa, vossa casa”).
(Isaías 56:7) – Também os levarei ao meu santo monte, e os alegrarei na minha casa de oração; os seus holocaustos e os seus sacrifícios serão aceitos no meu altar; porque a minha casa será chamada casa de oração para todos os povos.
Complemento: (Mateus 23:38) – Eis que a vossa casa vai ficar-vos deserta;
b) A LEI (Rm.9:4 complemento .Jo.8:17).
(Romanos 9:4) – Que são israelitas, dos quais é a adoção de filhos, e a glória, e as alianças, e a lei, e o culto, e as promessas;
(João 8:17) – E na vossa lei está também escrito que o testemunho de dois homens é verdadeiro.
c) OS HOLOCAUSTOS (Nm.28:1,2; comp.Dt.12:6).
(Números 28:1) – FALOU mais o SENHOR a Moisés, dizendo:
(Números 28:2) – Dá ordem aos filhos de Israel, e dize-lhes: Da minha oferta, do meu alimento para as minhas ofertas queimadas, do meu cheiro suave, tereis cuidado, para me oferecê-las ao seu tempo determinado.
(Deuteronômio 12:6) – E ali trareis os vossos holocaustos, e os vossos sacrifícios, e os vossos dízimos, e a oferta alçada da vossa mão, e os vossos votos, e as vossas ofertas voluntárias, e os primogênitos das vossas vacas e das vossas ovelhas.
Os Sabatistas são culpados de “GALACIANISMO”  (o conceito de que em parte o homem se salva pela obra de Cristo e em parte por sua própria fidelidade em guardar a Lei).
“Todos os que verdadeiramente se tenham arrependido do pecado….e verificando estar o seu caráter em harmonia com a Lei de Deus, seus pecados serão riscados e eles próprios havidos por dignos da vida eterna”
Os Sabatistas AFIRMAM que guardam o Sábado, porque é o SELO de DEUS.
Baseado nesta passagem:
Assim como o Sábado era um sinal do concerto de Israel como povo de Deus
(Ex.31:16-17), o dia de adoração do Cristão (o Domingo) é um sinal de que o Cristão pertence a Cristo. (Êxodo 31:16-17) – Guardarão, pois, o sábado os filhos de Israel, celebrando-o nas suas gerações por aliança perpétua. ……..(V.17) – Entre mim e os filhos de Israel será um sinal para sempre; porque em seis dias fez o SENHOR os céus e a terra, e ao sétimo dia descansou, e restaurou-se.
Seria o Sábado o selo de Deus como dizem nos dias atuais, ou seja, no Novo e Superior Concerto??
RESPOSTA TEOLOGICA EXEGÉTICA:    NÃO!
Depois da morte de cristo NÃO.
Mas os Sabatistas dizem que SIM, talvez porque seus Teólogos pensem ser os melhores intérpretes da Bíblia, a ponto de se colocarem acima de Jesus e dos Apóstolos.
Quando foi que Jesus ensinou ou fez algum escritor inspirado no Novo e SuperiorTestamento escrever sobre a Guarda do Sábado??
O Israel, segundo a carne, possuía  (2) Dois SELOS:
a) A guarda do Sábado (Ex.31:17).
b) E a Circuncisão (Gn.17:9-145).
Hoje na Graça, no Novo e Superior Testamento, O povo de Deus não tem, nem precisa mais desses sinais identificadores de uma nação eleita.
O ensino de Paulo é claríssimo em (Efésios. 1:13) que indica ser o SELO de Deus, neste nosso tempo, o recebimento do Espírito Santo (conforme. 2Tm.2:19 ; 1Cor.9:2 ; Jo.6.27 ; Rm.4:11).
(Efésios 1:13) – Em quem também vós estais, depois que ouvistes a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação; e, tendo nele também crido, fostes selados com o Espírito Santo da promessa.
(II Timóteo 2:19) – Todavia o fundamento de Deus fica firme, tendo este selo: O Senhor conhece os que são seus, e qualquer que profere o nome de Cristo aparte-se da iniqüidade.
(I Corintios 9:2) – Se eu não sou apóstolo para os outros, ao menos o sou para vós; porque vós sois o selo do meu apostolado no Senhor.
(João 6:27) – Trabalhai, não pela comida que perece, mas pela comida que permanece para a vida eterna, a qual o Filho do homem vos dará; porque a este o Pai, Deus, o selou.
(Romanos 4:11) – E recebeu o sinal da circuncisão, selo da justiça da fé, quando estava na incircuncisão, para que fosse pai de todos os que crêem, estando eles também na incircuncisão; a fim de que também a justiça lhes seja imputada;
Portanto até onde a Bíblia nos permite, as maiores bases dos Sabatistas  acerca da guarda do Sábado mostram-se verdadeiras Falácias em Revelia à Escritura.

DEUS OS CHAMA DE “OS MEUS SÁBADOS”

“Guardareis os Meus Sábados…” Lev. 19:30. (Mais: Lev. 19:3; Êxo. 31: 13; Lev. 26:2; Isa. 56:4; Eze. 20:12, 13, 16; 20:21, 24; 22:8,26; 23:38; 44:24, etc…).

SÃO TAMBÉM CLASSIFICADOS DE SÁBADOS DO SENHOR

“…Amanhã é repouso, o santo Sábado do Senhor…” Êxo. 16:23. (Mais: Êxo 16:25; 20:10,11; 31:15; Lev. 23:38; Deut. 5:14; Nee. 9:14, etc…).

Prezado irmão, por estas passagens bíblicas, não há dúvidas de que o Sábado do sétimo dia da semana é o quarto mandamento da santa, justa e boa Lei de Deus (Rom. 7:12). E este Sábado foi abonado da seguinte maneira, por Seu Criador, o Senhor Jesus: “E orai para que a vossa fuga não aconteça no inverno NEM NO SÁBADO” (Mat. 24:20). E arremata categoricamente: “…assim o Filho do Homem, até do SÁBADO É SENHOR.” (Mar. 2: 28).

Eis portanto diante de você o santo Sábado do Senhor. O selo da criação, que revela e aponta Deus como o verdadeiro e único Criador de todas as coisas. Por conseguinte, este mandamento é parte integrante da Lei Moral, e classificado por Deus como: “DIA SANTIFICADO”, “MEU SÁBADO” e “SÁBADO DO SENHOR.”

RESPOSTA 02:

Os Sabatistas afirmam que a expressão “Meus Sábados” e “Seus Sábados” indicam a distinção entre os Sábados semanais e Sábados cerimoniais, o que NÃO É BÍBLICO.

Das 400 vezes em que Palavra “LEI” ocorre na Bíblia, em nenhuma se faz distinção entre Cerimonial” ou  “Moral”.

Nem Jesus, nem os apóstolos, nem os profetas, nem os Salmistas e nem o próprio Moisés se referem a tal distinção.

Para eles, Lei sempre foi o PENTATEUCO.

Leia o resto deste post »

Posted in Estudos Bíblicos, Polêmicos, Sábado | Etiquetado: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 1 Comment »

Seu sonho, Deus realiza!

Posted by Sara Kelly em 20/09/2009

Sangue de Jesus têm PODER
Para um José sonhador: Deus têm uma cadeira de Governador;
Para uma Jacó que luta com o anjo: Deus têm um novo nome de Vencedor;
Para uma Ana perseveante: Deus têm um menino Profeta;
Para um Um Davi guerreiro e ungido: Deus tem a pedrinha que nunca Erra;
Para um Moisés obediente: Deus têm um cajado que abre o mar;
Para três jovens corajasos: Deus têm um passaporte para dentro do fogo passear;
Para quem têm sonhos: Deus têm Realização; Para quem têm Fé: Deus têm sua poderosa mão;
Para quem têm Esperança: Deus têm honra e Restauração;
Para quem luta e não recua: Deus têm a unção de Campeão !!!
Para um José sonhador: Deus têm uma cadeira de Governador;
Para uma Jacó que luta com o anjo: Deus têm um novo nome de Vencedor;
Para uma Ana perseveante: Deus têm um menino Profeta;
Para um um Davi guerreiro e ungido: Deus tem a pedrinha que nunca Erra;
Para um Moisés obediente: Deus têm um cajado que abre o mar;
Para três jovens corajasos: Deus têm um passaporte para dentro do fogo passear;

Para quem têm sonhos: Deus têm Realização;
Para quem têm Fé: Deus têm sua poderosa mão;
Para quem têm Esperança: Deus têm honra e Restauração;
Para quem luta e não recua: Deus têm a unção de Campeão !!!

Posted in Poemas e Poesias | Etiquetado: , , , , , , , , , , , , | 3 Comments »

Como identificar uma seita

Posted by Sara Kelly em 18/09/2009

Máscara do enganoTodas as pessoas têm o direito de professar a religião de sua escolha. A tolerância religiosa é extensiva a todos. Isso não significa, porém, que todas as religiões sejam boas.

Nos dias de Jesus havia vários grupos religiosos: os saduceus (At. 5.17) e os fariseus (At 15.5). Os dois grupos tinham posições religiosas distintas (At 23.8).

Mesmo assim, Jesus não os poupou, chamando-os de hipócritas, filhos do inferno, serpentes, raça de víboras (Mt 23.13-15,33). O Mestre deixou claro que não aceitava a idéia de que todos os caminhos levam a Deus. Ele ensinou que há apenas dois caminhos: o estreito, que conduz à vida eterna, e o largo e espaçoso, que leva à destruição (Mt 7.13,14).

Os apóstolos tiveram a mesma preocupação: não permitir que heresias, falsos ensinos, adentrassem na igreja.

O primeiro ataque doutrinário lançado contra a Igreja foi o legalismo. Alguns judeus-cristãos estavam instigando novos convertidos à prática das leis judaicas, principalmente a circuncisão. Em Antioquia havia uma igreja constituída de pessoas bem preparadas no estudo das Escrituras (At 13.1), que perceberam a gravidade do ensino de alguns que haviam descido da Judéia e ensinavam: Se não vos circuncidardes segundo o costume de Moisés, não podereis ser salvos (At 15.1). Tais ensinamentos eram uma ameaça à Igreja. Foi necessário que um concílio apreciasse essa questão e se posicionasse.

Em Atos 15.1-35 temos a narrativa que demonstra a importância de considerarmos os ensinos que contrariam a fé cristã. Outras fontes ameaçam a Igreja. Dentre elas, destacamos:

Leia o resto deste post »

Posted in Diversos, Polêmicos | Etiquetado: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 5 Comments »

A Mensagem Subliminar nas músicas

Posted by Sara Kelly em 09/09/2009

Antes de focarmos nosso estudo sobre a mensagem subliminar na música, temos que ter uma visão geral do que seria a mensagem subliminar, onde ela é encontrada, de como atua no cérebro humano, e como se prevenir deste mal que esta tomando conta de nossos lares e nossas vidas.

  • O que é?

A psicologia é quem melhor define:

Subliminar: – Qualquer estímulo produzido abaixo do limiar da consciência, e que produz efeitos na atividade psíquica ou mental.

A Mensagem Subliminar é dotada de uma arte a mais. A arte da persuasão inconsciente. Ela trabalha com o subconsciente das pessoas.

Dá-se o nome de mensagem ou propaganda subliminar toda aquela mensagem que é transmitida em um baixo nível de percepção, tanto auditiva quanto visual. Embora não possamos identificar esta absorção da informação, o nosso subconsciente capta-a e ela é assimilada sem nenhuma barreira consciente, e aceitamo-la como se tivéssemos sido hipnotizados.

Por definição, subliminares são as mensagens que nos são enviadas dissimuladamente, ocultas, abaixo dos limites da nossa percepção consciente e que vão influenciar nossas escolhas, atitudes, motivar a tomada de decisões posteriores. Subliminares são mensagens que entram na nossa mente de contrabando, como um vírus de computador que fica inerte, latente, e só é ativado na hora certa.

Leia o resto deste post »

Posted in Polêmicos | Etiquetado: , , , , , , , , , , , , , , , | 1 Comment »

A IMORTALIDADE da ALMA

Posted by Sara Kelly em 07/09/2009

A doutrina aniquilacionista defende cessação total da vida no ato da morte. A alma, princípio vital sucumbe com o corpo na sepultura. Ao descer ao pó, o homem, desaparece por completo. Todavia, segundo essa teoria, os justos ressuscitarão no tempo oportuno e voltarão à condição original de alma vivente.

O castigo dos ímpios seria o de não viverem para sempre com Jesus. A morte para estes seria realmente a separação eterna de Deus. Neste caso, não haveria os diferentes graus de castigo, segundo as obras de cada um.

“O aniquilacionismo defende que, após a morte, a alma do ímpio não será punida eternamente num inferno literal, mas, ao invés disso, simplesmente deixará de existir. O aniquilacionismo constitui um meio termo entre o universalismo indiscriminado e a doutrina cristã tradicional da condenação eterna. É defendido pelas testemunhas de Jeová, pelos adventistas do sétimo dia, pela Igreja Mundial de Deus, e muitos outros grupos religiosos em atividade atualmente” (Dicionário de Religiões, Crenças e Ocultismo, George A. Mather).

O Antigo Testamento é pouco elucidativo quanto à vida após a morte. É no Novo Testamento que vamos encontrar indicações mais claras a respeito do assunto. Comecemos pela formação do homem no Éden, onde pela primeira vez, a palavra alma é registrada:

“Formou o Senhor Deus o homem do pó da terra, e soprou-lhe nas narinas o fôlego da vida, e o homem tornou-se alma vivente. Então da costela que o Senhor Deus tomou do homem, formou a mulher, e a trouxe ao homem” (Gn 2.7,22).

Deus criou os animais sem soprar em suas narinas e os chamou de “répteis de alma vivente [criaturas que vivem e se movem]” (Gn 1.20,21), diferentes do homem que recebeu o fôlego diretamente de Deus. Os seres humanos possuem, portanto, algo que veio diretamente da substância de Deus. A esse fôlego damos o nome de alma. Vejamos agora o significado das palavras “alma” e “espírito” no hebraico e no grego, línguas originais do Antigo e do Novo Testamento, respectivamente…

Leia o resto deste post »

Posted in Estudos Bíblicos | Etiquetado: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 13 Comments »